Portal Am Hoje
Destaque Polícia

Donos do Vitória passam por audiência de custódia nesta quarta-feira

Os suspeitos de mandarem matar o sargento da Força Aérea Brasileira (FAB) Lucas Guimarães receberam a visita dos advogados

Manaus – O casal Joabson Gomes e Jordana Freire, suspeitos de mandarem matar o sargento da Força Aérea Brasileira (FAB) Lucas Guimarães, se entregou na tarde desta terça-feira (21) na sede da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), zona leste de Manaus. Eles chegaram acompanhados dos advogados, que disseram que o casal é inocente.

Os suspeitos entraram na delegacia por uma área restrita. Ao se apresentarem à polícia na presença de seus advogados, a ordem judicial contra eles foi cumprida. Joabson e Jordana seguem em prisão temporária. Ainda na noite desta terça-feira, funcionários da rede de supermercados Vitória levaram mantimentos e roupas ao casal.

O advogado de defesa Raphael Grosso Filho disse à imprensa que não podia dar mais informações sobre o caso, pois o processo segue em segredo de Justiça.

“Como o processo ainda está em segredo de Justiça, a gente ainda não pode comentar. Eles vão prestar depoimento ainda. A gente acredita muito no trabalho da DEHS. É um trabalho sério, bem feito, mas acreditamos muito na inocência dos nossos clientes. Então a gente acredita que é um mal entendido que vai ser esclarecido no momento oportuno”, explicou o advogado.

Procedimentos
Na manhã desta quarta-feira (22), os advogados de defesa levaram mantimentos ao casal. Por volta das 10h, os suspeitos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML), onde fizeram exame de corpo de delito.

Após o procedimento, os suspeitos retornaram para a DEHS, de onde serão encaminhados para audiência de custódia. A defesa informou que após ter acesso aos autos será solicitado um pedido de habeas-corpus.

O advogado da família, Almicar Pinheiro, disse à imprensa que os clientes são inocentes. Ele ainda afirmou que o casal não estava foragido.

“Se eles estivessem foragidos, certamente eles nem estariam mais em Manaus. Eles estavam apenas aguardando a minha chegada. Não existiu tentativa de fuga, eles estavam na casa de parentes. Em seguida eles voltaram para casa e vieram se apresentar aqui”, explicou o advogado de defesa do casal.

| D24
AM HOJE | A informação está aqui

Postagens relacionadas

Prefeito David Almeida entrega comunidade São João com todas as ruas recuperadas

Vilhena

Prefeitura de Manaus intensifica obras de contenção no igarapé do Mestre Chico no bairro Cachoeirinha

Vilhena

Prefeitura mantém 36 pontos de vacinação nesta quarta-feira 1º/9

Vilhena