Portal Am Hoje
Polícia

Novos exames devem revelar se Djidja morreu por uso de Ketamina, diz polícia

Manaus/AM – A polícia informou na manhã de hoje (7), pediu exames específicos para detectar se o abuso de cetamina pode ter causado a morte da ex-sinhazinha do Boi Garantido.

Os resultados devem ser relacionados com o exame de necropsia que saiu nesta semana e aponta a causa-morte como “depressão dos centros cardiorrespiratórios centrais bulbares, congestão e edema cerebral de causa indeterminada”.

“Fizemos uns quesitos complementares em relação ao laudo, específicos para saber se há uma vinculação entre essa causa da morte e o possível abuso de substâncias psicotrópicas ou depressoras do sistema nervoso central. A gente está aguardando aí essa questão do IML e isso vai dar um reforço às nossas diretrizes iniciais”, diz o delegado Daniel Antony.

jidja foi encontrada morta no último dia 28 de maio, dentro de casa em circunstâncias suspeitas. O caso está sendo tratado pela polícia como morte a esclarecer.

Após a morte da empresária, a polícia prendeu a mãe, o irmão e três funcionários da rede do salão Belle Femme, da família de Djidja, suspeitos de integrarem a seita “Pai, Mãe, Vida”, que fazia o uso indiscriminado de Ketamina.

Postagens relacionadas

Vídeo; Após ser esfaqueado no pescoço, homem dirige até hospital para pedir ajuda

Redação

Corpo ‘empacotado’ com pescoço e pés amarrados é encontrado em Manaus

Redação

Viatura da Polícia Civil tomba e deixa feridos zona centro-sul de Manaus

Redação