Portal Am Hoje
Polícia

Pai tentou impedir que filha denunciasse agressões da madrasta em Manaus

Manaus – O pai da adolescente de 12 anos espancada pela própria madrasta também foi preso e, segundo a polícia, foi omisso com as agressões uma vez que sabia da situação e ainda tentou persuadir que a vítima não denunciasse o caso. O casal se entregou à polícia na tarde da quinta-feira (6), na sede da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), em Manaus.

De acordo com a delegada  Juliana Tuma, titular da Depca, o casal que era foragido ficou incomodado com a repercussão do caso e decidiram se entregar. “Por intermédio das redes sociais que viralizaram com o vídeo, a equipe da Depca identificou se as imagens era de Manaus e se diligiu para procurar a vítima. Houve uma certa dificuldade para localizar a adolescente uma vez que ela estava com a mãe depois descobrimos que o pai estava tentando persuadir a mãe para não levar a vítima até a delegacia. A polícia localizou e conduziu a adolescente até a delegacia onde foi pedido uma medida protetiva e foi tomados todas as medidas cabíveis”, disse a delegada.

Ainda segundo a polícia, na ocasião, as equipes acreditavam que era só a madrasta a autora e depois começarama a buscar pelo pai também. A vítima relatou que as “ripadas” eram contínuas, o que a polícia identifica como tortura. Ainda segundo a polícia, o pai sabia e foi omisso com a situação. Os dois são autores do crime de tortura.

Casado há sete anos com a mulher, o pai chegou a dizer que ele não sabe como as imagens foram gravadas porque as câmeras sumiram. A polícia informou que foi uma tia paterna que desconfiava da situação e instalou uma câmera na casa.

Em depoimento, a madrasta disse que não batia muito. Porém, segundo a polícia, outras duas crianças que moram na casa foram ouvidas e afirmaram que também recebiam castigos físico, mas não igual da vítima.

A adolescente não contava sobre as agressões porque era ameçada pela madrasta que se ela contasse seria pior. Duas crianças que moram na casa são filhos biológicos da mulher e a adolescente é enteada.

De acordo com a polícia, a vítima morava com o pai porque estava sob a guarda dele. A vítima está com uma queimadura que está sendo investigado a autoria. A vítima agora está sob os cuidados da mãe.

Postagens relacionadas

Homem leva golpes de terçado e é baleado em tentativa de assalto

Redação

Suspeitos de matar professor em motel são presos em Manaus

Redação

Funcionário de distribuidora reage a assalto e é morto a tiros em Manaus

Redação